Professor de evolução admite que Kent Hovind está certo sobre criacionismo | 25Abr2016 17:18:01

 


Obrigado a todos por terem vindo até cá... uhm, tenho um anúncio a fazer antes de começar e é como que um pedido de desculpas por não, uhm,

>> Dr. Ben Waggoner - Universidade do Arkansas Centro

por não vos ter dito isto mais cedo, mas tem que ser, tem que ser dito.
Quando me estava a preparar para este debate e a pesquisar várias coisas e a tentar arranjar vários argumentos e contra-argumentos aos pontos que sabia, ou que pensava que aqui o Dr. Hovind iria levantar e comecei a pensar em todos os, todos os argumentos que ele tinha apresentado no debate anterior, todas as coisas que tinha dito, todos os pontos que levantou e que simplesmente fui incapaz de rebater e fiz uma boa quantidade de pesquisa sobre as afirmações e declarações e os factos que o Dr. Hovind apresentou, graças em parte à sua excelente página de internet www.drdino.com a qual recomendo grandemente e comecei a pensar sobre a maneira como tenho leccionado sobre a evolução no passado, sobre todos os meus estudantes, alguns dos quais estão aqui esta noite, os quais ameacei e fiz lavagem ao cérebro, intimidei e, vocês sabem, em geral tentei inferiorizar porque não conseguia convertê-los ao meu modo de pensar pessoal, e pensei sobre como, vocês sabem, o sentimento era o de um desperdício dos impostos dos contribuintes que eu fosse e agisse como um doutrinador em vez de um educador e a maneira como sempre insisti que os meus estudantes aceitassem isto, porque parecia tão certo aos meus olhos.

Bem... bem, isto não é particularmente fácil para mim dizer, nem sempre é fácil falar com o, com os pés tão enfiados pelas mãos, mas quero agora mesmo fazer pública uma promessa... Não quero fazer deste um típico debate de adversários que se chamam nomes, que se irritam e fazem troça, da maneira como me lembro que foi o último, o que gostaria de fazer é tornar isto uma experiência educativa porque, de agora em diante, sempre que der as minhas classes sobre evolução, as quais tenho que leccionar visto ter sido contratado para isso, pretendo adicionar uma parte sobre ciência da criação, e quero aprender sobre coisas que deveria estar a ensinar, porque eu venho de um passado deveras secular...

Obrigado! Obrigado a todos... Obrigado. Obrigado. Ena. Muito obrigado, esplêndido. Uhm, vocês sabem, a escola secundária que frequentei era pública, na Luisiana, a grande capital da educação mundial que ela é, e coisas como estas simplesmente não eram dadas, não eram dadas no meu secundário, um amigo meu foi até posto de castigo depois das aulas por ter proferido o nome de Jesus em voz alta, uhm, era assim a atmosfera, não estou a brincar com vocês, e claro a minha educação universitária, primeiro em Tulane e depois na, uhm, na república popular de Berkeley, uhm, Califórnia, que é um pouco diferente daqui devo acrescentar, só, só um pouco, é claro que não fui exposto a coisas como esta, então o motivo da minha vinda aqui não foi tanto para defender a minha própria tese, porque evolução está muito para além de tudo o que possa dizer para a defender.

O que eu realmente gostaria de fazer aqui é aprender algumas das coisas que deveria estar a ensinar, algumas das coisas que deveria estar a apresentar, e a maneira como as deveria apresentar, uhm, de forma as que as minhas aulas fossem equilibradas no futuro e abertas, e não serem intimidantes para as pessoas de outras crenças que porventura, uhm, porventura as frequentem.

E, posto isto, não tenho realmente mais nada a acrescentar, acabei por não apresentar uma, uma defesa particularmente forte, e espero que isto não, uhm, aborreça os apresentadores, que trabalharam todos para organizar este debate
portanto, na minha fraca capacidade farei o meu melhor para responder a algum ponto que o Dr. Hovind levante, mas o que gostaria de fazer, e que espero alguns de vós faça é, uhm, é simplesmente fazer disto uma experiência educativa para todos, para aprendermos acerca, uhm, bom no meu caso, aprender sobre o que tenho que apresentar melhor, que é a visão criacionista e sei que não foram 15 minutos, o que significa que talvez possamos todos sair daqui mais cedo.

Kent Hovind: Muito bem, bom, muito obrigado, fico agradecido, este é o meu sexagésimo quinto debate e é a primeira vez que alguém me diz que gostaria de ter uma mente aberta sobre o assunto, fico realmente satisfeito com isso e disponibilizo-me a ir falar à sua turma, à minha custa, quando quiser, está bem? Diga-me quando.



Partilhar:

Artigos Relacionados
Comentários
Não existem comentários

Nome:
Endereço de email (não será publicado):
comentários:

Notícias

noticiasoferta.png

Procura
Criação Vs Evolução


Introdução           
Origem do universo
Origem da vida
Origem do homem 
Datações
O mundo não pode ter M de anos
Catástrofe e não processos lentos
Coluna geológica
Não é preciso M de anos      
Afinal era mentira...   
         
Bibliografia


Fruto Eterno

 

Mapa de tráfego
Contacto

correio.jpg

©2017, BlogTok.com | Plataforma xSite. Tecnologia Nacional